3 de janeiro de 2010

Pra que serve o horizonte?



Você vai embora dali
que eu vou embora daqui
se aproxima de si
que eu me aproximo de mim.
você prossegue consigo
que eu comigo prossigo
você consegue, eu consigo,
você periga, eu perigo.
não te persigo mais,
não te persigo mais, (mas)
na linha do horizonte
a gente pode se cruzar,
ali onde o poente
encontra com a beira do mar,
na linha do horizonte
a gente pode se cruzar,
a gente pode se encontrar,
pode se encontrar...

("Na Linha do Horizonte" - Arnaldo Antunes/Sérgio Britto)


3 comentários:

Miss Nìíque Ribeìíro εïз disse...

Olá.. Adorei aqui. Parabéns pelo blog. Beeijos;*

la... disse...

Oi!!
Que bom que este espaço te agradou.. És bem vinda sempre!! :)
Um abraço

la... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.