13 de dezembro de 2008

Um trechinho...

"Badruddin Hasan, meu filho, a primeira recomendação é:
- não tenha intimidade com ninguém e assim escapará de acidentes; a segurança está na solidão; não se misture nem se associe a ninguém, pois eu ouvi um poeta dizendo:

'Ninguém há neste tempo cujo afeto se deseje,
nem amigo que nas vicissitudes seja fiel;
vive sozinho e não confies em ninguém:
é o conselho que te dou, e basta'.

A segunda, meu filho, é:
- não oprima ninguém, caso contrário o destino oprimirá você. O destino num dia está a seu favor e noutro está contra, e o que o mundo lhe dá amnhã terá de ser pago. Eu já ouvi o poeta dizer:

'Reflete e não te apresses no que almejas;
sê clemente e como tal serás reconhecido;
não existe mão sobre a qual não esteja a de Deus,
nem opressor que não será oprimido por outro'.

A terceira recomendação:
- observe o silêncio, desvie os olhos dos defeitos alheios e contenha a sua língua, pois já se dizia: 'quem observa o silêncio se salva'. Também ouvi o poeta dizer:

'Mudez é adorno e silêncio é segurança;
se acaso falares, não sejas linguarudo, pois,
ainda que alguma vez te arrependas de tua mudez,
de teres falado sempre te arrependerás'.

A quarta, meu filho:
- eu o previno contra o consumo de vinho, pois ele é o motivo de toda discórdia; o vinho faz perder o juízo. Cuidado, muito cuidado para não tomar vinho, pois eu ouvi o poeta dizer:

'Larguei o vinho, parei de bebê-lo
e de seus censores amigo virei:
é bebida que afasta do bom caminho,
e do mal escancara os portões'.

E a quinta, meu filho:
- preserve o seu dinheiro e ele o preservará; guarde o seu dinheiro e ele o guardará; não abuse de seu dinheiro, pois caso contrário você precisará de gente inferior; conserve as moedas, que são ungüento, pois eu ouvi alguém dizer:

'Se o meu dinheiro escasseia, ninguém me acompanha,
mas quando ele aumenta, companhia todos se tornam;
quanto amigo para torrar dinheiro me acompanhou,
e quanto amigo, esgotado o meu dinheiro, me abandonou"'

Aceite, pois, minhas recomendações."

(O Livro das Mil e Uma Noites - Vol I)

Um comentário:

josiane disse...

saudade de q leias pra mim, sera q ganho uma provinha,, uns dois paragrafos pra n abusar???? só d leve, só pra recordar??