22 de junho de 2007

?Sete? Pecados

Quem me conhece sabe que as últimas novelas que assiti (entenda-se assistir como acompanhar toooodos os dias) foram Pantanal e Ana Raio e Zé Trovão, no tempo da TV Manchete, que tinha o Clube da Criança com a Angélica, etc... Hehehe...
Cada um sabe onde e como aplica seu tempo, mas... sinceramente, esses enredos novelísticos que têm sido apresentados ultimamente por aí, bah!! É complicado, né?!
Então, essa semana, por acaso, enquanto tomava meu cafezinho diário, assisti uma parte de um dos capítulos da nova novela global, Sete Pecados. Ao contrário da tradição do horário das 19h, que nos últimos anos levou ao ar histórias extremamente fracas e bobinhas, parece que dessa vez o público noveleiro terá a chance de assistir algo, pelo menos, mais próximo da realidade. Chamou minha atenção, no dia em que assisti, a realidade da cena em que a diretora assumiu seu cargo numa escola pública de periferia; tem a do dedicado pai de família, taxista, dois filhos, fiel à esposa (virtude quase esquecida hoje em dia, diga-se de passagem...)... Enfim...
Sabe-se bem que as alternativas de programação oferecidas pela TV aberta no Brasil são muito limitadas em qualidade. O que resta pras pessoas é filtrar e ficar com o que é aproveitável (como em todas as situações da vida!).
Mas não era sobre isso que eu queria falar! Hehehe...
Coincidências da vida, to relendo um livro do Philip Yancey chamado “Rumores de Outro Mundo”(quem ainda não leu, é uma boa pedida...) em que ele menciona os sete pecados capitais. Interessante. Transcrevo abaixo o trecho do livro:

O método de Deus para lidar com o mal é a cura, não a prevenção.
Vivemos em um mundo moderno, tão distante do projeto original que toda noção do que é bom para nós virou de cabeça para baixo. Vejamos, por exemplo, os sete pecados capitais, uma lista de tópicos morais que surgiu de séculos de reflexão. Talvez hoje, eles pudessem ser rebatizados como as sete virtudes sedutoras:
ORGULHO – na música, nos esportes e nos negócios, guardamos nossos aplausos para os vencedores, e aqueles que fazem pose e ostentam a vitória tendem a arrebanhar mais aplausos. Exibimos vistosamente nossas medalhas olímpicas, recompensamos generosamente os vencedores e lemos livros sobre gerência baseados em Maquiavel e Átila, o Huno.
INVEJA – toda a nossa indústria publicitária é edificada no fomento da inveja a colegas e vizinhos, de modo que eu também deseje qualquer nova maravilha eletrônica ou qualquer nova “roupa de marca” que meu vizinho possua.
IRA – analistas nos dizem que precisamos entrar em contato com nossa ira, expressá-la. Grupos de encontro, programas e televisão de baixo nível, assembléias de eleitores e debates políticos oferecem uma ampla oportunidade de faze-lo.
GANÂNCIA – a máquina econômica do mundo inteiro depende de uma constante sensação de insatisfação que estimula cada consumidor a querer sempre mais.
PREGUIÇA – achar uma ilha com um praia linda, aposentar-se cedo, relaxar, acalmar-se, sentir-se bem – tudo isso faz parte do sonho das pessoas.
GULA – a cada ano, os copos de refrigerante gigantes e as porções de batata frita exageradas vão ficando maiores, assim como as cinturas.
LUXÚRIA – das ‘maravilhosas’ atrizes de novelas às garotas dançarinas dos videoclipes da MTV, a luxúria está onipresente no mundo de hoje. De longe, a indústria mais lucrativa da internet.

8 comentários:

Laurinha disse...

Parte séria:
- Blog de carinha nova, que lindinho!... :D

Parte 'não tão séria assim', mas verdadeira, huaihaiua:
- Será que isso tem a ver com a necessidade de uma fase de 'recomeços'?! Sempre importantes depois de decepções muito gigantescas... Huiahaiauhuia

Sorry! Não podia perder a chance de 'te tirar'... Mas, sei que tu é realista: campeão da américa, sobre o Boca?? Era demais pra vcs mesmo! haihauiahua

Bjoks

Laurinha disse...

Ah... Jah viu o blog da Dai?! Acredita que ela fez isso comigo???

Colocou aquele coisa feio! Ela estava me enchendo que as letras estavam muito certinhas e não-sei-o-que, daí resolvi sacanear ela (e ela gostou!!!)... Tsc, Tsc... :D

Coisa de Dai, neh!?

Laurinha disse...

Ok, ok! O jogo de hj foi sorte! ;)

hauihaiuaha

Lablank disse...

Hehehehe...
Que bom que tu já se antecipou aos meus comentários...
Hehehe...
E olha que eu tava pensando em não falar de futebol...
Por enquanto ouvi pouco, mas pelo pouco que ouvi parece-me que o jogo de hoje não foi sorte...
Como escreveu a Gabi: "Contra o Boca não deu, mas contra o meia-boca deu"... Hehehehe...
Brincadeirinha...
Bjinhu

Lablank disse...

Pois é...
Amei a idéia dela de fazer um blog...
E eu tava lá com ela, acompanhando o processo de criação... hehehe...
Ela te tirando pra 'serviçal'... foi legal!!!
Agora já sei quem vai me ajudar a arrumar o meu espaçinho... huhauahua

Lablank disse...

Sobre o vice campeonato... Sabes que sou realista mesmo, mas até os 10 minutos do primeiro tempo do segundo jogo eu acreditava, de verdade...hehehehe...
Na boa: com a galerinha que a gente tem correndo atrás da bola, fomos longe demais!!!
Certo?

Lablank disse...

Só mais uma parte séria sobre o 'amalgamando..."
Acompanhando o processo de criação que vocês fizeram, olhando de fora, não fiquei com a sensação de "coisa feio pra sacanear", hehehehe...
O que vi foi que participaste com canrinho e atenção de um momento importante da vida da tua amiga. Pra quem diz ter dificuldades até pra cuidar de cactos, não fostes tão mal assim... heheheheehe...
A Dai se sentiu amada com o teu cuidado...
;)

Laurinha disse...

Huaihauiahiahia!
Que quadro...! A Dai é mesmo 'mais forte que um cactos', neh!? Hehehe
Que bom, então... :D
Pode pedir... :D
Viu o da Helena? Eu tbm... :D:D

Huaihaiuah
Bjus